segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

Perolas de Pai João

Filho querido do meu coração, muitos pensam que Pai João somente tem palavras para chamar a atenção destes filhos, que Pai João traz a disciplina pela dor...

Mas na verdade, a dor somente existe quando decidimos sofrer. Isso mesmo, filho, somos nós que decidimos sofrer pelas faltas cometidas nos momentos que deixamos os impulsos inferiores dominar o missionário.

A Espiritualidade jamais pede para que o Jaguar seja Santo! O Jaguar é um espírito guerreiro, de conquistas, de poder e que com isso endureceu o coração em um extremado pragmatismo. Reviver a herança espartana é recordar a necessária disciplina e o encontro com a espiritualidade que se deu por meio de Pytia. O que desejamos de vocês é este mesmo encontro! Pytia para vocês apresentou-se com Neiva e envergou os poderes de Koatay 108 para novamente espiritualizar esta tribo, para despertar a herança daquele encontro e unificar a disciplina, a força, com o lado espiritual.

Vocês conquistaram a possibilidade de encarnarem em um tempo terrestre mais brando, sem a escravidão que este nego velho teve que enfrentar para vencer a dureza do coração. Hoje são missionários pelo Amor. Muitos, a maioria, chega pela dor, mas se mantem pelo amor pela Doutrina que existem em vossos corações.

Doutrina e Disciplina são palavras muito próximas! Doutrina não quer dizer fechar os olhos para nada que não vos agrade. Disciplina não quer dizer levar tudo a ferro e fogo.

Tanto na Doutrina quanto na Disciplina, o que deve prevalecer é o bom senso. Somente olhando os dois lados, o material e o espiritual, como vocês foram devidamente preparados, é que se pode usar o bom senso e não incorrer na tristeza dos julgamentos.

A dor só existe quando insistimos em não compreender o que deveria estar claro para missionários como vocês.

Pai João - 2011
Enviar um comentário