domingo, 27 de outubro de 2013

Jaguar


O Jaguar

Salve Deus!

Ensinou-nos a nossa Mãe que somos Jaguares.
Quem começa na Doutrina imagina um nome bonito para se dar aos Mestres e Ninfas mas a História é bem diferente.
Jaguar é o nome de que foi conhecido um povo que viveu na Terra há milénios.
Oriundos de Capela, após os Equitumans e os Tumuchys chegaram estes espíritos com a missão de construir máquinas energéticas para a preparação da evolução terrena.
Contudo, ao longo das suas encarnações na Terra, estes espíritos foram-se afastando das suas missões e comprazendo-se ao Mal envoltos pelo poder atribuído pelos seus elevados conhecimentos, muito superiores aos dos povos originários da Terra.
Eram cerca de trinta mil.
O ponto de viragem foi na época de Esparta onde foram julgados.
Muitos foram desintegrados pelo mal que fizeram mas alguns seguiram o caminho da recuperação.
Impossibilitados de regressar a Capela, começaram as suas duras caminhadas ajudando os Povos Terrenos a quem haviam destruído.
O título de Jaguar foi atribuído a Oxalá, líder destes espíritos que mais tarde encarnaria como Seta Branca neste plano físico.
Outra passagem da história deste povo foi no Brasil Colonial, tempo de Pai João de Enoque, Pretos-Velhos e Princesas que encarnaram como escravos para aliviar os seus carmas.
Somos então esses mesmos espíritos que ainda hoje correm em correção dos seus atos que vêm daqueles tempos longínquos.
Por isso há que ver o enorme fardo que o Jaguar carrega, com todas as guerras, missões falhadas, mortes e abusos que cometemos ao longo de milénios.
Não voltaremos a Capela até que tudo esteja pago.
Meu irmão Jaguar! Lembremos-nos sempre que estivemos às portas da desintegração como tantos outros irmãos mas nos foi dada outra oportunidade. Aproveitemos.
O trabalho é a saída.

Claro que nem todo o Jaguar é desse tempo.
Muitos são de outras tribos, com problemas similares que procuram nesta missão uma escapatória para os seus carmas, tendo-se juntado a nós.
Muitos vestem a roupa de Jaguar, mas a história dos seus espíritos é bem diferente.
Como dizia a nossa Mãe: "Muitos são os chamados mas poucos os escolhidos."

Salve Deus! Vamos trabalhar, trabalhar muito para ajudar este povo enorme que tanto sofreu às nossas mãos.
Não estamos na Terra para ser servidos mas para servir, para ajudar.


"O HOMEM QUE TENTAR FUGIR DE SUA META CÁRMICA OU JURA TRANSCENDENTAL SERÁ DEVORADO, OU SE PERDERÁ COMO UM PÁSSARO QUE TENTA VOAR NA ESCURIDÃO DA NOITE"
PAI SETA BRANCA.
Enviar um comentário