terça-feira, 21 de agosto de 2012

Mensagem de Tia Neiva-28/junho/1977

MEU FILHO JAGUAR: Na vida nada acontece por acaso. Tudo tem a sua explicação, seu motivo, a sua causa e a sua razão de ser. Ninguém pode aprender somente com o êxito, somente pela felicidade. A saúde não seria suficiente. A doença, no entanto, é o veículo feliz para os espíritos endurecidos, e nos distúrbios psíquicos, físicos, única força que favorece a volta da paz. Esta energia, que comanda dentro de nossa vontade e soberania, é a substância MENTAL, concentrada, dentro de sua vontade, que, entrando em desarmonia nos pontos principais do CENTRO CORONÁRIO, formam inesperada versão da luz, porque essas comunidades de seres angélicos, perfeitos, divinos, que nos foram reunidos, tratados organicamente, se elevam a Deus. Porém, se distorcidos, se inflamam, repercutem e alteram a substância mental concentrada, porque tudo é amor, orientação de Deus. As forças de tudo foram preparadas nos planos etéricos e na natureza terrestre, porém, somente do céu me firmei. Os fluidos da vida vão se manipulando de modo a adaptação ou adaptações da época ou dos carmas, das necessidades. Os PLEXOS influenciam o ritmo da vida psíquica. Podem, contudo, haver deslocações, modificações funcionais, ação sobre o sistema direto individual, isto é, para cada uma que surge há uma solução, uma reação, uma resposta especial, que vem do cérebro para o ponto ou CENTRO CORONÁRIO. Digamos, o homem que tem um elítrio no braço, só atingirá o centro coronário se o mesmo não tiver seu ponto de partida espiritual, seu Deus. Desse modo o centro coronário registra automaticamente a atuação manifestada, fixando a responsabilidade e marcando no próprio homem as conseqüências felizes ou infelizes. Já disse: O EU no campo do destino cármico trazido e reparado pelos elítrios. Se eu afirmo que um elítrio é um espírito concentrado pelo ódio e que o mesmo é fruto dos nossos desentendimentos, e afirmo as três condições do corpo no centro coronário, podemos analisar o homem-elítrio ou homem nas formas de elítrios. É claro que teríamos de ser como somos, preparados, seres angelicais, perfeitos, divinos. O fundamental é saber assimilar sempre a força que temos. Quando a razão te fala, não siga de imediato, preste bem atenção nas causas ou projetos. Enquanto não te sentires perfeito ao teu redor, considerando que a razão que te guia é a mesma que te condena, procura te conheceres bem para saberes se estás só. Muitas vezes, os nossos impulsos são tirados pela nossa razão. Não somos suficientemente preparados. Tudo que expomos terá que ser cuidadosamente examinado pôr nós mesmos. Falamos em CONSCIÊNCIA. Para fazer um exame de consciência devemos meditar e devagar, expelindo, com a respiração, para expulsar os nossos maus fluidos ou energia cármica, até sentir a nossa energia EXTRA CÓSMICA, que tal energia nos cria, nos evolui nos pontos vitais EROFÍSICOS. Erofísico é toda energia impregnada do corpo físico, ritmos da Lei do Auxílio. Salve Deus! Meu filho, é preciso que conheças os pontos cardeais do perfeito homem e o seu destino para melhor conheceres o mais alto culto da CIÊNCIA MÃE ou MAGIA GERADORA. O teu aledá, o culto secreto que é a CABALA DE ARIANO, conforme já provamos naquele mundo iniciático de PAI ZÉ PEDRO e PAI JOÃO, que deram o nome de ARIANO, que quer dizer: RAÍZES DO CÉU. Desconhecida, perdeu todo seu real significado, agora chamada LINHA MATER. Desde a chegada de CISMA DE IRESCHIM, quando tudo foi ocultado. Somente as raças africana, por seus sacerdotes iniciados, guardaram sua origem, seus valores, porém, ao transcorrer dos séculos, foram dominados e seus antepassados, que guardavam a chave mestra ou TRINO, desapareceram, deixando uma porta velada e a outra alterada, que se perderam no feiticismo o pouco que lhes foi dado. Eis o grande perigo de saber demais. Daí para cá é que tudo cresceu demasiado e descambou demasiado, também, como nós. Ficou assim formada a corrente no ASTRAL AFRICANO NO BRASIL. Pai Zé Pedro e Pai João, com a missão precipitada de agir dentro deste povo africano, que ainda são únicos que podem traduzir a LEI que coordena no limitado COSMO, ADJUNTO DE JUREMA. Primeiro, vamos qualificar como culto africano todo sistema religioso que os nossos antepassados trouxeram para o Brasil. Eis a exclusão desses orixás com seus respectivos. Vou discriminar sete posições ritualísticas para serem usadas nos trabalhos de contagem, temos que patentear os conceitos africanos, porque para seguir as linhas, honestamente, é preciso conhecer, fundamentalmente, as linhas da CIÊNCIA DO AMANHECER. Sabemos que isto é um assunto complexo, porém não podemos fugir deste fenômeno. Sabemos por saber, que o apará, na sua primeira fase de semi-incorporação, é levado para a linha OLORUM, predominância de NAGÔ. Dividimos o Doutrinador e o Apará, entrando na sua linha Mestra que é OLORUM. Vamos individualizar o Doutrinador e o Apará. Doutrinador: TAPIR. OLORUM quer dizer ESPÍRITO DE DEUS. A falta de meditação é mais prejudicial ao apará do que a própria consciência do médium, porque o homem que quiser demorar-se na investigação do seu EGO encontrará, para sua descoberta, o raciocínio, a convicção e a conclusão, pois só chegamos a um acordo quando entramos em harmonia com o nosso CENTRO CORONÁRIO. Veja, pois, que é a força fundamental predominante do REINO CENTRAL CORONÁRIO. A força da vida física é a mesma força animal. As expressões que eu emprego são relativas às minhas dificuldades de exprimir, porém, positivamente, em nome de Jesus, por mais que o ser humano se eleve para conhecer, por mais que estude, pouco poderá atingir em fenômenos extra-físicos. Toda a extensão infinita do espaço, a mente ou a clarividência avançam até um certo ponto, mas sempre na dependência de valores mediúnicos de extra-evolução. Porém nada se perde, tudo já está criado. Somente as transformações da matéria e evolução das forças, mesmo assim, na combinação em sintonia. Sim, as energias extra-etéricas nos átomos são cientificamente combinadas para formar as células no corpo composto, se aninhando no REINO CENTRAL CORONÁRIO (PLEXO). Para um recurso de átomos existe a AMACÊ, PORTAL DE DESINTEGRAÇÃO, REINTEGRAÇÃO E INTEGRAÇÃO. São pontos perigosos, mesmo para nós nos carreiros terrestres. Onde está situada uma AMACÊ estamos sempre a beira do abismo, como por exemplo, no TRIÂNGULO DAS BERMUDAS. Pelos grandes portais atravessam, também, as nossas necessidades reencarnatórias, que é a energia extra-etérica. As AMACÊS são transitórias, elas são guiadas pelos grandes ALUFÃS. São também os nossos iniciados no reino físico, mestres do Amanhecer ou ALUFÃ DE MAYANTE, ou na representação dos seus regentes. Quando eu falo em átomos, falo em três forças. Átomo é uma força que, cientificamente, se divide. Sim, continuamos com os mesmos nomes da ciência da terra: ÍON, CATION e NEUTRON. A força, utilizando-se da matéria, começa a sua evolução na estrutura dos átomos passando, depois, na composição, formando as células e uma nova ação construtiva, criando uma nova ordem, no constante agregar e desagregar ou impulsos dos corpos no centro coronário. Conforme a CONDUTA DOUTRINÁRIA, a intensidade da força que desagrega aumenta a vitalidade com maior vibração de vida, fazendo progredir o seu grau de inteligência, fortalecendo os três corpos: PLEXO FÍSICO (VITAL), MICRO PLEXO (ALMA) e PLEXO ETÉRICO (PERISPÍRITO). O corpo físico tem por obrigação emitir VITALIDADE ao MICRO E ETÉRICO. O PLEXO FÍSICO ou CENTRO CORONÁRIO tem por obrigação alimentar o REINO CENTRAL CORONÁRIO, que são: PERISPÍRITO, ALMA e PLEXO VITAL, que distribuem as células vitais, que compõem no homem inteligência e o poder na vida física. Se o homem se descuida de suas funções físicas pode também deteriorar o seu centro coronário. Descoberto, se desliga pela influência do macrocósmico. O macrocósmico ou NEUTRON neutraliza o físico do etérico, formando esta grande barreira intransponível da luz solar ao etérico, dividindo o segundo plano do primeiro, onde atinge formas diversas, inclusive, fora do SISTEMA CRÍSTICO. O fato é que enquanto o homem não adquirir o pleno conhecimento de si mesmo, nem uma filosofia alcança o seu objetivo. As vidas e os conhecimentos são inesgotáveis. Aos poucos, quero descrever algo mais que sei. Na exploração dessa Doutrina, encontramos o que desejamos. Meu conhecimento é o que eu afirmo aqui em nome de NOSSO SENHOR JESUS CRISTO: Os LAMAS são conscientes como a Igreja Católica conhece a reencarnação. O CENTRO VITAL é o princípio de todas as coisas na Terra e fora da matéria. Salve Deus! Jesus, eu agradeço por tudo que me confiaste, devolvendo-me à Terra com os dons precisos para esta missão. O DOUTRINADOR! (TIA NEIVA - 28 DE JUNHO DE 1977)"


Enviar um comentário