segunda-feira, 18 de junho de 2012

Pai Joaquim das Matas


Pai Joaquim das Matas

No verde é que mora Pai Joaquim das Matas. Preto velho do cabelo branco-algodão e dos olhos de esmeralda é Pai Joaquim das Matas. Pai Joaquim das Matas é do signo do mato, tem a alma de luz esverdeada. Pai Joaquim das Matas conhece as folhas, as raízes, as sementes e tudo mais o que brota na mata. Pai Joaquim das Matas nos descarrega com sua natureza, rompendo nossas demandas como rompe suas matas. Pai Joaquim das Matas canta o canto que o vento do mato carrega pelas matas. Pai Joaquim das Matas dança a dança do mato. Pai Joaquim das Matas está na copa das árvores mais altas e nos olhos dos animais que caminham pela floresta.

Pai Joaquim das Matas vibra com Oxóssi, o rei da floresta. Pai Joaquim das Matas está próximo de Ogum Rompe-Mato. Pai Joaquim das Matas é um espírito do mato. Pai Joaquim dança, Pai Joaquim brada, Pai Joaquim é pássaro verde. Pai Joaquim das Matas Virgens vive longe da civilização. Pai Joaquim das Matas lida com os bichos do mato. Pai Joaquim das Matas é curandeiro, é rezadeiro, é guerreiro. Pai Joaquim das Matas cuida da terra como cuida de seus filhos. Pai Joaquim das Matas é guiado pelas forças da natureza.

Pai Joaquim das Matas tem o som das árvores e o cheiro de capim molhado. Pai Joaquim das Matas é a madeira, é a celulose, é o fruto, é a resina, é a raiz. Pai Joaquim das Matas é o abrigo da caça. Pai Joaquim das Matas é floresta nascida e criada sozinha. Pai Joaquim das Matas enxerga no escuro. Pai Joaquim das Matas traça no meio do mato suas linhas de trabalho. Pai Joaquim das Matas se comunica com animais, vegetais e minerais do seu reino. Pai Joaquim das Matas entra nas profundezas da mata e nos traz seus mistérios e magias.
Enviar um comentário