terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Os Falcões



Os Falcões são espíritos que habitam os abismos (*), ardilosos e sagazes, e que, quando encarnados vieram com importante missão civilizatória.
Mergulhados no orgulho e na vaidade, se afastaram das influências benéficas de seus Mentores, foram cientistas, políticos e militares convictos. Com o desencarne, passaram a viver no plano etérico, onde estabeleceram grandes escolas e universidades, continuando com suas idéias, para elas atraindo os espíritos daqueles que desencarnam em conflito com as Leis Crísticas, irrealizados ou revoltados, formando falanges numerosas e que passam a atuar nos seres humanos que os atraem com seu padrão vibratório ligado à luxúria, à ambição, ao orgulho e ao intelectualismo materializado, características comumente encontrada nos políticos, direcionando governantes e atuando na política nacional e internacional, provocando guerras, revoluções e atentados.
O político é um ser encarnado que ocupa lugar de importância na sociedade e, de modo geral, é carente de valores espirituais. Se ele se deixa levar pela ação dos Falcões, o que se torna fácil pela sua própria ignorância dos mundos espirituais, ele se torna extremamente perigoso para os indivíduos dessa sociedade. Por isso é tão difícil surgirem líderes que cultivem a paz, a caridade e o altruísmo, assumindo seu verdadeiro lugar na realização de suas responsabilidades sociais.
Tia Neiva nos falava das falanges de Falcões que escureciam o céu na Esplanada dos Ministérios e na Praça dos Três Poderes, onde se concentra o Poder político brasileiro. Trabalhando com o magnético animal da Terra e cruzando forças do plano etérico, criaram a química ectoplasmática, com que se alimentam e produzem diversas máquinas e aparelhos sofisticados com que influenciam e enganam os Homens.
Entre essas táticas de confundir a mente humana está a aparição de objetos voadores e extraterrestres, pela facilidade que têm de realizar a materialização pela manipulação fluídica.
O objetivo final dos Falcões é conseguir encarnar na Terra sem submeter-se à Lei do Carma, afastados da Lei Crística, razão pela qual estão estimulando a produção de clones (*), que lhes permitirá sua encarnação em seres humanos clonados.
Enquanto não conseguem, vão atuando sobre o Homem e levando-o a afastar-se de Jesus.
Uma das universidades que mais inspira os falcões é o Vale das Sombras (*), dirigida por espíritos que foram grandes cientistas ou religiosos na Terra, desencarnados sem aceitar a Nova Estrada de Jesus.
Enviar um comentário