quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Alma - I




A ALMA - ou MICROPLEXO - é o microcosmo, ou seja, o princípio ativo, modelador, redutor, que modifica o estado de SER do espírito para a situação de ESTAR desse mesmo espírito na situação do Homem encarnado. É a barreira entre os vários planos vibratórios do Homem e o mantém na posição planejada e é ela que busca, pesquisa, informa e fornece elementos de decisão para o EU, ao mesmo tempo em que estabelece limites da movimentação do ser humano.
A alma não pode existir sem o corpo, seja ele de natureza densa - na superfície da Terra - ou de natureza etérica - nos planos sutis da Terra.
A função do microplexo é absorver, assimilar e emitir energias em dois planos - o do espírito e o do corpo -, comandando a percepção e a comunicação do Homem. Enquanto o corpo - o plexo físico - é limitado no tempo e no espaço, pelas leis da matéria física, a alma age dentro de limites mais amplos no tempo e no espaço.
É a alma que vai em busca dos desejos, das satisfações e dos anseios, que emite e recebe vibrações, que influencia e é influenciada por outras mentes, que alimenta e é alimentada pela inteligência.
A mais importante de suas funções é receber os eflúvios do Plano Espiritual e levar a personalidade a agir de acordo com as leis transcendentes, de forma tão ampla e ilimitada que a faz confundir-se com o espírito.
Uma importante Ciência, trazida pelos Equitumans, obtinha grandes curas e vem sendo de grande valia para muitas tribos por  toda a Terra, com a manipulação das forças da alma - o XAMANISMO (*).
Segundo o Mestre Tumuchy, “quando a alma entra em sintonia com a individualidade, significa que nós encontramos o nosso destino e entramos tranqüilos na aceitação do nosso carma e da nossa missão. A partir daí, a água do Céu passa a jorrar em nossa vida eternamente... Jamais teremos sede!”
Na Doutrina do Amanhecer, segundo nos disse Koatay 108 em reunião de 9.9.80, a alma e o perispírito formam o espírito e são considerados como coisas de naturezas diferentes: a alma é o mecanismo psicológico, com sua base física no sistema nervoso, sendo formada, em cada encarnação, de acordo com sua  respectiva programação. 
A força psíquica quando chega a ser espírito humano - a alma - tem  todas as qualidades bem distintas e caracterizadas, indispensáveis à manutenção da vida para cada um: mais timidez, mais audácia, tudo de conformidade com sua missão na Terra, porque a alma humana é o produto da evolução da força através do reino de sua natureza.
Nossa alma sempre busca nossas necessidades, nossos anseios e nossos impulsos, agindo conjuntamente com o corpo físico na recepção e avaliação de fatos físicos - nossas sensações - e de fatos psicológicos - nossos sentimentos.
Quando não são satisfeitas as necessidades da alma, surge a depressão, ocasionando a infelicidade e a insatisfação em graus cada vez mais profundos.
Por isso, é preciso estar atento ao que a alma pede! Uma boa hora é quando se vai deitar, à noite, e se faz um balanço do dia que termina. Mentalizar o que fizemos, o que queríamos fazer, o que não fizemos... Ao terminar esse balanço, procure, com os olhos fechados e a mente calma, sentir do que precisa sua alma.
Pode acontecer uma desintegração da alma quando ela se desprende do magnético vital. Isso não acontece com a alma que recebeu suas consagrações, porque, consagrada, a alma não se desprende do magnético vital do corpo.
Enviar um comentário