quinta-feira, 11 de julho de 2013

Desencarne do Adjunto Yumatã Mestre Caldeira

10/07/2013 – desenlace do Metre Caldeira – Adjunto Yumatã

Nos deixou um DOUTRINADOR!

Não um doutrinador qualquer… Um Grande Doutrinador!

Um homem, um espírito que mediunizado nos encantava, explicava verdadeiramente a Doutrina e tinha a inspiração dos Grandes Mestres.

Seu porte altivo, sua voz imponente, seu olhar sério, não escondiam a pureza de seus sentimentos em relação à obra que nossa grande Mãe plantou.

Falava com entusiasmo, aliás, ensinava com entusiasmo e perfeição.

Tinha convicções marcantes, defendidas com fervor, mas nem por isso fechava os ouvidos para os que não concordavam... Sempre dizia no final: “Está tudo certo meu mestre, não se aflija”.

Suas aulas serão eternamente lembradas, sua emissão e canto continuarão ecoando pelo Universo trazendo a fabulosa energia do Reino Central.

Ao seu lado uma grande missionária, como não poderia deixar de ser. Companheira de todos os momentos e com inigualável simpatia traz a ternura necessária aos componentes de um homem tão sábio.

Estiveram os dois presentes em minha Iniciação, há muito tempo atrás... Mas hoje ainda parece que foi ontem, e todas as recordações estão muito vivas, como sempre estará viva a projeção do Cavaleiro Verde que suas heranças permitiram chegar até nós.

Tia Dilza e meus irmãos Yumatã, minhas sinceras condolências, pois sei que nem todo o conhecimento do mundo poderia superar a dor física da ausência física deste grande missionário.

Tio Caldeira... Obrigado pela sua existência, pela missão que aceitou e cumpriu. Não tenho dúvidas que o próprio Pai estará presente para lhe receber. Aproveite e leve um abraço para o japonês no Reino Central.


Kazagrande


Enviar um comentário