quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Tia Neiva - Trajetória


Das Planíces às Cortes Imperiais, à Casa Grande do Amanhecer
Espírito Espartano, tua trajetória rica de vivências e emoções. Trilhastes os diversos caminhos, na preparação de tua missão maior: a evolução do homem. No esplendor das cortes, convivestes com faraós, reis e imperadores. Ricas vestes, jóias cobriam o teu corpo. Vivestes o fausto. Sorrisos adornavam o teu rosto; lágrimas o ensombreciam. Vivas. Vivas as experiências do espírito para a missão sublime. Todavia, nesse turbilhão rico de emoções, seguias impávida, decidida em tua caminhada, iluminada, resplandecente: eras um Jaguar.

Neffertite, Pitya, Cleópatra... personalidades, mas, sobretudo, energias somadas – heranças. A direção para um objetivo, os passos guiados, iluminados na luz do amor de Nosso Senhor Jesus Cristo. Era o transcendental prevalecendo, era o cumprimento de tuas metas, a orientar os teus movimentos nas diversas encarnações. Anos e anos se passaram, e encontramos Natacha. Natacha da Casa Grande, Natacha do Angical. Angical humilde, de dor, lágrimas e sangue. Mas, também, Angical de amor, luz sabedoria. Angical de Pai Zé Pedro, Pai João e Matildes, e do sempre presente Seta Branca. E Neffertite, Pitya, Cleópatra, Natacha, seguia sua jornada de luz, naquela vida simples, tão diferente da das cortes, com os Enoques a te orientar.

Nos teus anseios da alma, ouvia os sábios conselhos de Pai João e Pai Zé Pedro: “Natacha. Natacha. A caminhada é longa, de dor e sofrimento... Mas, é uma caminhada de luz, realizações e amor. Estás preparada, Natacha. Pai Seta Branca te guiará e orientará”. E Natacha, sentada próximo à cachoeira do jaguar, solitária nas suas meditações, recebia as mais puras energias para o revigoramento de seu plexo. Mais uma etapa se cumpre nas vidas desses espíritos espartano a atravessar continentes.

Hoje, unificação praticamente concluída, Neffertite, Pitya, Cleópatra, Natacha, Neiva da Casa Grande do Amanhecer. Vida simples, de lágrimas, alegrias e amor. Vives intensamente o teu amor – o Doutrinador, teu filho. Filho de tua alegria, filho de tuas entranhas. E a raiz se expande forte na Doutrina Crística, Koatay 108, brado de luz ecoa por todo este universo – o Adjunto, a realização de um objetivo, a aspiração e soerguimento de uma obra.

Unificados nesse amor que emana de tua luz, reunimos nossas forças, forças do povo que por Deus nos foi confiado, rogando aos Ministros Yucatã, Ypuena, Tapurê e Cayrã, que derramem sobre tua cabeça as luzes e os mantras, elevando Koatay 108 aos píncaros do poder universal. Natacha. Natacha. As jóias que hoje cobrem teu corpo são as pérolas dos Anjos e dos Santos Espíritos. São as luzes, Natacha. Luzes que são frutos do teu amor, de tuas lágrimas.

Natacha: sempre fostes grande na tua simplicidade e hoje és maior do que nunca. És Koatay por todo este Universo. És Nossa Mãe...

Salve Deus!

Se os créditos não estiverem correctos as minhas desculpas

Enviar um comentário