terça-feira, 24 de março de 2015

Posicionamento Mediúnico e Pessoal


Posicionamento Mediúnico e Pessoal

Salve Deus!
Não é fácil ser realmente um médium da Doutrina do Amanhecer, principalmente um Doutrinador, pois este se estiver na condição mediúnica de comandante, instrutor e mais delicado ainda um Adjunto Presidente.
Certa feita o Trino Ajarã me disse uma frase a qual nunca esqueci ; “Tem sino que toca mas não tange”, portanto as palavras de um Mestre dessa doutrina precisa ter respaldo , pois sua conduta pessoal não deve ser diferenciada da doutrinária. Nesse nosso sistema doutrinário “O hábito não faz o monge”, em nossas iniciações , as consagrações ficam impregnadas em nossos plexos e consecutivamente em nosso espírito. Quando Humarrã nos diz que temos a obrigação de dar satisfação de nossos actos a nossos vizinhos, nos coloca na obrigação de pensar em nossa conduta pessoal, moral, doutrinária.
Nosso povo tem uma sensibilidade enorme, sabe o que está e de quem vem as palavras que ouvem e, embora o julgamento seja uma coisa terrível, fica o principio da vibração que é uma energia pesada de ser manipulada e trabalhada.
É certo e notório que nossa doutrina não é de demandas ou disputas, mas não podemos esquecer de nossa condição humana, que estamos tentando melhorar, mas há sempre a personalidade a cobrar seu preço, a psique, a alma que se alimenta do ectoplasma e vive as coisa da terra, estamos sujeitos as variações do copo físico e nosso sistema psicológico embora esteja sempre num processo evolutivo, está sempre pendendo ou tendenciando para as coisas humanas, conhecer a si mesmo, nossos erros principalmente nos faz melhor a cada dia. Ser tratável, lembrar que no ciclo existencial transcendental as situações podem não ser a mesma que aqui estamos vivendo e o posicionamento das pessoas que nos rodeiam podem não ser o mesmo.
Estamos a reviver e remover eras, nos diz Tia Neiva, quem está ao nosso lado nesse ciclo transcendental... Inimigos, amigos, parentes, amores, desamores... O preço de nossas acções custa muito...
Gilmar Santos - Doutrinador
Enviar um comentário