segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Anotações diversas de Tia Neiva



... porque, filho, tudo o que estamos fazendo é levar a mensagem do III Milenário por todo este universo, nas indumentárias, no comportamento desta conduta doutrinária...
Dez anos vivemos de amor e luz. Porém, os impactos que a minha clarividência ocasionava não bastavam. Veio, então, a vida iniciática, com suas cores berrantes e seus poderes. E, assim, nos foi proporcionada a oportunidade de exibirmos a obra ao seu autor, junto a povos.
As vibrações foram tomando lugar em toda a Doutrina, nas cores, no Templo e, por fim, na Estrela Candente, essa grandeza que emite, de suas amacês, a energia do Jaguar, para a cura desobsessiva dos cegos, dos mudos e dos incompreendidos. As vibrações aumentaram sem que, por um minuto sequer, saíssemos do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, seguindo Jesus em sua caminhada evangélica iniciática, o Caminheiro, sem dor e sem sofrimento, ensinando a cura desobsessiva, colocando os espíritos a caminho de Deus Pai Todo Poderoso.
Não podemos garantir que tudo aqui aconteça, nem que possa acontecer. Porém, acontecerá alguma mudança estrutural e benéfica nos rumos do pensamento humano, abalando os alicerces da cultura ancestral que consolidou a Velha Estrada.
Filho, não interessa, ao Homem, o seu vizinho. Interessa, sim, a função que ele desempenha. É verdade que não podemos separar a obra do seu autor, mas, quando eu daqui partir, dirão: O Doutrinador e a sua Doutrina! Por conseguinte, filho, esqueça essas pequenas preocupações de avaliação social, em termos dos componentes já activos nesta jornada doutrinária para o III Milénio.
Antes, eu pensava: por que as amacês não aparecem nos grandes centros? Tive a minha resposta: pelo respeito às velhas teorias, pois ainda é cedo para mudar as estruturas.
A vida não perdoa, filho! Morreremos pelos caminhos, se não nos consciencializarmos, se não soubermos, com precisão, aquilo que nos pertence. Ver e viver, antes que os sinais da angústia o obriguem, oferecendo novos olhos e novas perspectivas, complicando, no entendimento de novas ciências, o que é mais simples: amor e Deus – essa verdade eterna!
Por que foi escolhido o Jaguar, o Espírito Espartano, o Cavaleiro Verde, o Cavaleiro Especial? Porque vem de um processo penoso, por sua mente científica, evoluindo na luta através dos séculos, neste mesmo solo... Hoje, sua percepção lhe afirma , filho, que os tempos chegaram e não há mais como desperdiçá-lo com polémicas.
Vocês têm a sensibilidade do Homem Iniciado, que descansa apesar da grandeza da luta, e é acariciado pela grandiosidade da energia trazida pelo prana, para retirar seu psiquismo particular e responder às perguntas que surgem do fundo de seu coração.
Esse Homem é fácil de encontrar. É grosseiro e sagaz, sim, porque vem das cordilheiras e da península espartana, porém, não suporta ver alguém sofrer, sai, aflito, a socorrer todos... É amável, requintadamente afectuoso, sensível às dificuldades de povos. Sempre estende sua mão forte e corajosa para a missão maior, e seu amor é espontâneo. Caminha sem superstições e sem falsos preconceitos. Quando é um Jaguar, ama verdadeiramente a Doutrina e a faz seu sacerdócio; acredita na vida e sabe se promover. É boémio e sua mente é limpa de qualquer crença que não seja autêntica consigo mesmo... Sabe que a última grande iniciação da humanidade ocorreu pela aparente espontaneidade, unificando e aproximando o Homem de sua individualização e que, por todo o universo, o Homem está sendo sacudido no fundo de seu ser, de maneira autêntica e poderosa.
A Doutrina do Amanhecer – ou Doutrina do Jaguar – explica que o Homem que tem conhecimento de si mesmo, aumenta sua intensidade vibratória. É o que acontece nesta tribo do Mestre Jaguar, porque só poderá receber tais iniciações aquele que tiver todas as suas células despertadas, isto é, células mental, física e etérica, livres de superstições. Por esse motivo, este grande ser espera pela humanidade para seu próprio adiantamento, porque, filho, a humanidade e o planeta, com seus demais seres, estão na luta universal com um único desejo: infundir, no Homem, os últimos preparativos para que esta passagem venha a ser a conquista luminosa, porque, filho, se o Homem, em sua doutrina unificante, na passagem das grandes Sivans, Harpásios, Taumantes, Tenaros, Tisanos, Cautanenses, Vancares, Sumayas, Sárdios e outras, conseguir a grande fusão e, assim, souber espontaneamente emitir na grande transmutação, será protegido e terá a bela condição que é a salvação de uma vida para outra. Foram colocadas essas Estrelas para termos um verdadeiro arsenal de forças para nos ajudar de uma vida para outra. Repito: de uma vida para outra!
Sim, filho, hoje o mundo está bem perto da inevitável transformação que afectará todos os seres de corpo humano, e sabemos que não podemos ficar à mercê dessa transformação, apenas olhando para o Céu...
Na verdade, se sofremos os desatinos de nossos destinos cármicos, nada temos a temer, pois sabemos que a dor faz o Homem humilde e o amadurece para Deus. Assim será o Homem brevemente, diante do imenso painel da realidade universal.
As coisas que hoje desprezamos, nos faltarão amanhã. Sem ver o amanhecer, irá chorar a falta deste céu azul, do Sol e da Lua, das campinas, correndo o grande perigo da desintegração, sem saber onde pisar. Mas, o Homem que já adquiriu suas asas estará abastecido pela candeia viva e resplandecente, na jornada missionária de alimentar e reintegrar os que perderam sua rota. Será escuridão? Sim, filho, a falta de visão, do conhecimento das coisas do Céu. O Homem que for levado pelo toque de sua mente sem Deus poderá perder sua rota e entrar no processo de desintegração. Eis o perigo!
Coitados daqueles que levam a vida inconscientemente, sem saber do que está acontecendo acima ou abaixo de suas cabeças... Será triste, muito triste, filho.
Como era triste a vida sem o Doutrinador!
Pense na falta de luz, tendo os pés à beira dos pântanos!...
Deus, o grande Deus, o imenso farol deste universo, que nos deu seu filho Jesus, que tanto sofreu por nós, esse grandioso exemplo de amor, continua a emitir do Céu luzes para quem precisa, ou para quem já passou do tempo de brincar e está consciente de sua jornada evangélica. A este Homem, nada lhe falta, e sabendo que a hora é chegada, através do Verbo, que segue a Luz evangélica de Nosso Senhor Jesus Cristo, nos serve de uma vida para outra, desintegra e reintegra, na força absoluta de Deus Pai Todo Poderoso, através destas divinas Estrelas do 7º Sétimo Verbo, da origem do Santo Verbo encarnado: Deus, Pai e Espírito... Acelos do 2º Verbo, Ceanes do 2º Verbo, Geiras do 3º Verbo, Gestas do 3º Verbo, Gertaes do 2º Verbo, Xênios do 2º Verbo, Vanulos do 3º Verbo, Mântios do 2º Verbo, Teizes do 3º Verbo, são Estrelas que trazem a faixa Evangélica iniciática da vida e da morte.
Enviar um comentário