sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Cruz do Caminho



                 CRUZ DO CAMINHO - 39 PERGUNTAS E RESPOSTAS
Quando Lady, a Rainha Exilada, saiu da Grécia, tendo sido poupada sua vida por interferência de Pytia (uma das encarnações de Tia Neiva), como se revive hoje no Turigano, ela foi para um palácio na região do Delta do Nilo, acompanhada por seu marido, o Cavaleiro Reino Central. Ali, se dedicou à cura de todos os necessitados que a procuravam, dando-lhes abrigo, e marcando, na trilha, a entrada para o palácio, com uma cruz. Era a Cruz do Caminho!

E, para ajudá-la, veio do Egito o grupo de sacerdotisas de Horus.

Em Delfos, Pytia organizou as primeiras falanges missionárias - Yuricys, Muruaicys e Jaçanãs -, e providenciou para que, na Cruz do Caminho, começassem as Iniciações Dharman Oxinto, que significa A CAMINHO DE DEUS, entregues às sacerdotisas de Horus, que receberam o nome de Missionárias Dharman Oxinto.

Por isso, na Cruz do Caminho, onde são manipuladas as energias dos Ramsés e do Povo das Águas, as Dharman Oxinto têm lugar de honra e guarda a Mãe Yemanjá.

Segundo Tia Neiva, a Cruz do Caminho constitui-se no princípio de todos os Sandays, numa revelação do amor incondicional que permite a manipulação de tradicionais espíritos de uma velha dinastia. É algo maravilhoso e sublime, que faz com que daquele Castelo sejam, a cada dia, emitidas mais energia e mais luz! Ele se constitui numa verdadeira estufa de cura. Emite uma potente força giradora, fazendo subir a energia vital e descer a energia extraetérica, com predominância da Lua, mas com a participação do Sol, que chega ao plexo de quem estiver ali trabalhando, fazendo com que o médium possa captar heranças transcendentais. Pela força giradora a energia é emanada pelas vibrações para aqueles que precisam de ajuda, nos lares, nos hospitais, nos asilos, nos presídios e, enfim, onde estiver havendo a necessidade de uma força desobsessiva.


O Cavaleiro Reino Central, que é o senhor da amacê da Estrela Candente, estruturava a Cruz do Caminho, onde era grande o número de guerreiros e cidadãos comuns, e todos eram espiritualizados e tratados por aquela ciência oculta que ele e sua querida esposa Lady manipulavam, buscando forças em diversos lugares, tais como no Egito e em Delfos, através de elipses e outros portais de forças.

O Cavaleiro Reino Central se tornou um Grande Iniciado, com imensos poderes.

Um dia, o casal recebeu a informação de que iriam ter uma nova fase, com a chegada, num futuro próximo, de um jovem par, que iria alterar as coisas na Cruz do Caminho.

Numa região próxima, uma tropa mercenária estava acampada, sob o comando do Cavaleiro da Lança Vermelha, perto de um reino onde havia uma linda princesa. Ao se encontrarem, o Cavaleiro da Lança Vermelha sentiu que a princesa era sua alma gêmea, e surgiu uma grande paixão entre eles. O rei não concordou com aquele romance, e prendeu a filha no castelo. Fez atacas de ouro e as colocou nos pulsos da princesa, e aquelas atacas eram um pouco diferentes da que são usadas hoje, nesse trabalho, porque possuíam uma extensão que mantinha a princesa permanentemente atada a uma aia ou, para dormir, atada aos pés da cama.


Angustiado e sentido pelo que faziam com sua amada, o Cavaleiro da Lança Vermelha passou o comando de sua tropa para um capitão de sua confiança, e penetrou no castelo, raptando a princesa, e foram se refugiar na Cruz do Caminho, onde foram recebidos com amor e ternura pelo Cavaleiro Reino Central e sua amada Lady, que sabiam ser a princesa sua filha espiritual.

Não havia como liberar as atacas da princesa, exceto a extensão, que foi cortada. Mas, mesmo com as atacas, a princesa e o Cavaleiro da Lança Vermelha se dedicaram aos trabalhos da Cruz do Caminho, com amor e ternura, conseguindo grandes realizações.

Até que, um dia, chegou um componente da tropa do Cavaleiro da Lança Vermelha, pedindo que ele fosse o mais rápido possível socorrer seus companheiros de luta, que estavam passando por grandes necessidades com a falta do comandante. O Cavaleiro da Lança Vermelha partiu rapidamente, mas havia sido uma emboscada preparada pelo rei, pai de sua amada, que com seus guardas o capturou e o executou.

Mas não chegou qualquer notícia ao Canal Vermelho, onde a princesa estava preocupada com o tempo que já se passava sem qualquer notícia de seu amado. A Espiritualidade bloqueou a verdade, porque, se ela soubesse da morte do Cavaleiro da Lança Vermelha, as suas vibrações o teriam mantido junto a ela. E isso não era do que ele precisava, pois tinha que evoluir em outros planos, portador de imensa força desobsessiva e espírito conquistador, o que o impediam de ficar na Cruz do Caminho.

E foi o tempo passando, a princesa sempre na dúvida se ele voltaria... O que acontecera? Estava combatendo e se esquecera dela? E continuava seu trabalho, com toda energia e amor, até que, muito mais tarde, chegou o dia em que o Cavaleiro da Lança Vermelha, no plano espiritual, veio recebê-la aqui, e ela partiu, feliz e sem atacas, para a união final e definitiva com seu amor!...

HISTÓRICO
A Cruz do Caminho representa a missão de Pytia quando partiu de Delfos para Esparta para libertar um casal de Reis subordinados aos Reis de Esparta, que seriam executados por não terem filhos e assim dar lugar a outra dinastia.

Pytia partiu em socorro daquele jovem casal, enfrentando o povo, que não aceitava o Deus Apolo.

Pelos seus fenômenos atribuídos, lhe foram colocadas atacas e em seguida desafiada pelos Reis que lhe exigiram um fenômeno, demonstrando as suas forças.

Pytia fez os tambores rufarem, sem que ninguém lhes tocassem. Os Reis concederam clemência aos condenados, e os mesmos partiram para um Castelo solitário, e se dedicaram à cura daqueles que aflitos lhe procuravam.

Para a identificação do Castelo, foi fincada uma Cruz como identificação. Daí o nome Cruz do Caminho.

A Cruz do Caminho é um trabalho altamente iniciático, com poderosos cruzamentos de forças curadoras e é realizado na presença de Mãe Yemanjá, Ministros, Médicos de Cura, Sereias e Magos.

TRINTA E NOVE PERGUNTAS E RESPOSTAS

1 - O QUE É UM SANDAY DA CRUZ DO CAMINHO?
É um trabalho altamente iniciático com poderosos cruzamentos de forças curadoras.

2 - QUAIS AS ENTIDADES QUE SE MANIFESTAM?
Mãe Yemanjá, Ministros, Médicos de Cura, Sereias e Magos.

3 - O QUE TEM A VER O ORÁCULO DE DELFOS, APOLO, PYTIA E O FENÔMENO DOS TAMBORES COM A CRUZ DO CAMINHO?
A conversão do povo Espartano, credibilidade dos poderes de Pytia, crença na Espiritualidade, exílio do casal de reis, cruz fincada na encruzilhada.

4 - A PARTIR DE QUE HORA NÃO PODE SER REALIZADO A CRUZ DO CAMINHO?
A partir das 21 horas.

5 - ONDE SE REÚNEM OS MESTRES E A CORTE?
Para iniciar este trabalho devem se reunir no Castelo do Silêncio.

6 - POR QUÊ?
A fim de se mediunizarem, concentrarem, conscientizarem para um perfeito ritual e contagem deste trabalho da Cruz do Caminho.

7 - QUAL A COMPOSIÇÃO DA CRUZ DO CAMINHO?
Duas Yuricys, duas Samaritanas, duas Dharmo-Oxintos, duas Muruaicys, duas Jaçanãs, no mínimo 7 e no máximo 14 pares de Mestres e dois Adjuntos mais os pacientes. Se for possível, Nityamas, Gregas, Mayas e Magos. (Corte).

8 - CASO HAJA SOMENTE UMA NINFA DE CADA FALANGE ACIMA PODE SER FEITO O RITUAL?
Sim.

9 - QUAL A FUNÇÃO DOS DOIS ADJUNTOS?
Um será o Comandante e o outro será o Ariano.

10 - QUEM É A DIVINA?
É a ninfa que vai incorporar Mãe Yemanjá.

11 - QUAL A FUNÇÃO DAS YURICYS?
Além de conduzir a Divina com a mão esquerda, uma fará o Terceiro Sétimo e a outra irá convidar aqueles que farão reverência à Yemanjá.

12 - QUEM COLOCA AS MORSAS?
As Missionárias Jaçanãs.

13 - COMO SÃO CHAMADOS OS RECINTOS INTERNOS DA CRUZ DO CAMINHO?
Aledá, portão de entrada, rampa de subida para o Aledá, portal à direita, portal à esquerda, Seta de Yemanjá, trono de Yemanjá, tronos de incorporação para o batizado.

14 - NA FORMAÇÃO DO CORTEJO DE QUE LADO FICA O ARIANO?
Fica à direita do Comandante.

15 - DURANTE O CORTEJO O QUE ACONTECE NO ALEDÁ EM FRENTE À MESA EVANGÉLICA?
A Yuricy coloca as Atacas na Divina e o Comandante coloca o véu sobre sua cabeça.

16 - DURANTE O CORTEJO O QUE SE SUCEDERÁ NO ORÁCULO?
O Ariano segura na mão da Divina e a conduzirá ao interior do Oráculo. (Existe uma cadeira apropriada).

17 - QUAL O MANTRA-CHAVE AO SE ENTRAR NO ORÁCULO?
Salve Deus! A minha missão é o meu sacerdócio, Jesus está comigo.

18 - QUEM DISTRIBUI OS PARES NO RECINTO DA CRUZ DO CAMINHO?
O Comandante.

19 - EM QUE MOMENTO AS JAÇANÃS COLOCAM AS MORSAS NOS MESTRES DOUTRINADORES?
Depois que todos estiverem acomodados, inclusive os pacientes na Seta.

20 - EM QUE MOMENTO A DIVINA VEM DO ORÁCULO PARA A CRUZ DO CAMINHO?
Quando a corte vai buscá-la, após o toque da campainha pelo Comandante.

21 - COMO SE PROCESSA A ENERGIA MAGNÉTICA PARA A CURA DESOBSESSIVA DESTE TRABALHO?
Pela invocação do Comandante, na força do Terceiro Sétimo e cruzamento das morsas.

22 - ONDE HÁ A INCORPORAÇÃO DOS MÉDICOS DE CURA?
Nos dois Aparás da Seta.

23 - QUANTOS MINUTOS MANIFESTA A CORRENTE MAGNÉTICA NOS MESTRES LUA?
Por três minutos.

24 - O QUE DEVE FAZER O COMANDANTE ANTES DA INCORPORAÇÃO DE MÃE YEMANJÁ?
Imediatamente antes de fazer o convite para a incorporação de Mãe Yemanjá, o comandante deve descruzar as atacas da Divina, para facilitar a manipulação das energias, pois essa Entidade abre muito os braços, o que não poderá fazer com as atacas cruzadas.

25 - EM QUE MOMENTO O COMANDANTE FAZ O CONVITE PARA A PRESENÇA DE MÃE YEMANJÁ?
Após a passagem da corrente magnética.

26 - QUEM FAZ O CANTO DO TERCEIRO SÉTIMO?
A Yuricy, enquanto a outra convida os pacientes e Mestres para se servirem do sal e fazerem reverência à Yemanjá.

27 - O QUE ACONTECE QUANDO SE PASSA EM FRENTE DA MÃE YEMANJÁ?
Tipo uma fotografia, em que Mãe Yemanjá completa a magia do cruzamento das morsas.

28 - QUAIS OS MOMENTOS MAIS MARCANTES DESTE RITUAL?
Colocação das Atacas no Aledá, cultura energética do Oráculo do Pai, cruzamento das morsas e manifestação da corrente magnética, reverência à Yemanjá, a energia do Terceiro Sétimo e a consagração com o vinho.

29 - QUAL O MANTRA QUE ENVOLVE A CRUZ DO CAMINHO EM EFLÚVIOS LUMINOSOS?
O Mantra de Mãe Yara (cantado baixinho) junto com a energia do Terceiro Sétimo.

30 - QUEM PODERÁ PASSAR NESTE TRABALHO?
Quem for orientado pelas Entidades.

31 - QUANTOS BÔNUS VALE A CRUZ DO CAMINHO?
Vale 500 bônus.

32 - QUAIS SÃO OS FARAÓS GUARDIÕES DA CRUZ DO CAMINHO?
Tutancamon e Ramsés.

33 - QUAIS OS TRÊS CAVALEIROS DA LUZ INVOCADOS NO TERCEIRO SÉTIMO?
Cavaleiro da Lança Verde (Cura psíquica), Cavaleiro da Lança Lilás (Cura física) e Cavaleiro da Lança Vermelha (Cura desobsessiva).

34 - NO CANTO DO SEGUNDO TERCEIRO SÉTIMO QUAIS OS POVOS QUE SÃO INVOCADOS?
Povo de Aruanda, Povo de Cachoeira e Povo de Oxosse.

35 - NO CANTO DO SEGUNDO TERCEIRO SÉTIMO TRÊS GRANDES MINISTROS SÃO MENCIONADOS. QUAIS?
Oxalá, Olorum e Obatalá.

36 - O QUE SIGNIFICA ANODAÊ?
É a festa pela realização na Individualidade.

37 - EM QUAL ETAPA DO TERCEIRO SÉTIMO SE ATINGE O ANODAÊ?
No Quinto do Terceiro Sétimo. (As pérolas da Lua e do Sol caem sobre o meu corpo e fortalecem o meu plexo).

38 - EM QUAL ETAPA DO TERCEIRO SÉTIMO NOS ENSINA: "EU SOU AQUELE QUE FALA E CALA QUANDO DEVE"?
No Sexto do Terceiro Sétimo.

39 - O MINISTRO OXUM E O POVO DAS MATAS SÃO LEMBRADOS EM QUAL SÉTIMO?
No Sétimo do Terceiro Sétimo.
Enviar um comentário